7 de janeiro de 2010

Filas

É nessa vastidão branca,
­ ­ ­ ­ extensa em seus lotes incontáveis,
­ ­ ­ ­ sem solo ou quaisquer estruturas de apoio
­ ­ ­ ­ aonde, inexplicavelmente, é normal sentir-se leve de tal forma
­ ­ ­ ­ que, ao andar, os pés parecem mergulhados em água gelada.

­ ­ ­ ­ Essa claridade perturbadora causa uma cegueira tão natural
­ ­ ­ ­ que, ao cerrar dos olhos, é quase impossível distinguir
­ ­ ­ ­ o rosto de cada uma das milhões de pessoas ali,
­ ­ ­ ­ acompanhando umas às outras nessa terra de ninguém,
­ ­ ­ ­ e que mesmo na leveza corporal de seus pés,
­ ­ ­ ­ sofrem por estar caminhando enfileiradas.

­ ­ ­ ­ E mesmo aqui, onde tudo parece deslizar,
­ ­ ­ ­ o querer do progresso é inevitável,
­ ­ ­ ­ e o sofrimento dessas pessoas na fila
­ ­ ­ ­ é transformado em rápida repreensão
­ ­ ­ ­ quando, num momento, todos percebem
­ ­ ­ ­ que aguardar sem razão é perda de tempo.

­ ­ ­ ­ Olhar às laterais dessa fila sem fim,
­ ­ ­ ­ tentando calcular o tempo de espera
­ ­ ­ ­ até que a liberdade seja devolvida
­ ­ ­ ­ ao coração de todos os bobos que
­ ­ ­ ­ em total devoção por ela aspiram,
­ ­ ­ ­ é nada mais que eufemismo, sabendo que,
­ ­ ­ ­ num ato cruel, a fila obriga à todos
­ ­ ­ ­ a marchar em círculos.

25 comentários:

ZueiTuaFoto disse...

Retribuindo a visita..

Adorei ^^

Abraço

bibianengroff disse...

é real isso heim, odeio uma fila haha.
faz tempo que não apareço por aqui, tu bem contigo? Espero que sim.
Feliz anovo novo e tudo de melhor.
Vou voltar certamente e com mais frequência.
beijos e se cuide!

evyteen16 disse...

Realmente, qntas reações expressam uma fila! rsrsrssrr, amei seu bolg... visita o meu tbm!
bjo ;* Evy

http://everlin.oliveira.zip.net

SO.L. disse...

"Pedro pedreiro tá esperando a morte
Ou esperando o dia de voltar pro Norte
Pedro não sabe mas talvez no fundo espere alguma coisa mais linda que o mundo
Maior do que o mar, mas prá que sonhar se dá o desespero de esperar demais"

rattleheadbrasil disse...

Estou apurando minha escrita para um dia chegar ao seu padrã, meus parabéns pelos escritos.

Gabriel Alex disse...

Gostei muito. Na verdade não existe perfeição né, nem la onde você descreveu...

Jornal disse...

Muito boum!

Mandy disse...

Adorei o final "sabendo que, num ato cruel, a fila obriga à todos a marchar em círculos".
Ótimo texto mocinho! E sempre estamos entrando em filas nessa vida...
Se puder passa lá pelo Sook depois.
BjO

loc16pk disse...

um belo modo de escrever, eres um ótimo escritor... belo texto parabéns... visita lá depoiss meu blog... abraços

Minerva disse...

que lindo *.*
adorei

Vini Manfio disse...

muita profundidade em frases curtas e significativas

Sistema Zombie\ Nildo Junior disse...

Muito bom cara, vc escreve muito bem! se vc gostar de criticas sociais passa la no meu blog, podemos ate fazer ua parceria se vc gostar. abraço!

Tayná Guedes disse...

fiquei o poema td tentando descobro do que é a fila... e não consegui...
Bom texto, voce escreve bem!
vou ficar bastante tempo olhando pro texto tentando imaginar de onde é essa fila...

;*

João Victor Borges disse...

Tayná.

não se trata especificamente de uma fila comercial/social - como uma fila de um banco, de um cinema, por exemplo.

se trata mais sobre como a vida e os acontecimentos subsequentes nos põe à espera de algo que talvez nunca aconteça.

@MaahChiodi disse...

O blog e o poema tem grande qualidade. Muito interessante a forma como as palavras foram utilizadas e o sentido dado a fila. O acréscimo de sentimento foi o que mais marcou.
Parabéns. ;)

http://mahchiodi.blogspot.com/

Camila disse...

Muito bom. Tu escreves bem.
Continua escrevendo. Faz bem.

Giovanna disse...

incrível a forma como vc usa as palavras, e mais incrível ainda é vc pegar algo tão comum para todos e transformar em algo tão poético. heheh
adorei ;*

Tayná Guedes disse...

aah...Entendi.
Nossa... Como eu não pensei nisso...
Não interpretei direito as palavras...
=/
Enfim otimo texto :D!

Cristiano Contreiras disse...

É curioso e até surpreendente observar seu cuidado e talento com as palavras, o conceito do blog está evidente até no visual do layout.

Parabéns pelo estilo próprio, caro João

te sigo, abraço !

Mistérios disse...

Uau,impressionado rapaz

Bruna Assis disse...

"Olhar às laterais dessa fila sem fim,
­ ­ ­ ­ tentando calcular o tempo de espera
­ ­ ­ ­ até que a liberdade seja devolvida
­ ­ ­ ­ ao coração de todos os bobos que
­ ­ ­ ­ em total devoção por ela aspiram,
­ ­ ­ ­ é nada mais que eufemismo, sabendo que,
­ ­ ­ ­ num ato cruel, a fila obriga à todos
­ ­ ­ ­ a marchar em círculos."

Nossa, quanta emoção!!
Adorei, acho que não tenho nem palavras para exemplificar minha admiração!!

Inforblog disse...

Pow cara, seu blog é bem bacana(no geral mesmo). Gastei alguns minutos por aqui.
Parabéns!
Se quiser conhecer:
Inforblog
www.blogginfor.blogspot.com
Abraço!

Esther Saldanha disse...

Filas costumam ser realmente cruéis, enquanto a vida passa, na sua frente há mais e mais vida interditada e também às suas costas e isso parece não cessar, pelo menos, não enquanto se está na fila.

Pobre esponja disse...

Gostei mais do final.

abç
Pobre Esponja

Henrique Alvez disse...

Mais um excelente texto que encontro por aqui, enquanto espero sua atualização =DDD

Adorei a comparação que fez, E devo concordar. É isso mesmo.
A vida é triste por isso, estamos sempre esperando que algo aconteça nela, parados em nosso lugar de sempre, mas apenas parados... sem agir...
É muito difícil chegar ao final da fila, e se conseguimos, acho que já estamos um pouco cansados de mais...é meio em vão esperar tanto x___x

nossa, me fazendo refletir aqui XDD

http://www.baudopascacio.blogspot.com/