26 de julho de 2010

Luta de Desaparecido

Prefere mesmo é lutar revidando, covarde,
tendo vindo me atacar à porta de minha casa,
linha desenhada e divisória de espaços,
com todo o seu ar pomposo de quem,
de fato, exerce um falso poder.

Mas eu também possuo alguma voz,
e argumento com reivindicações válidas
todo o não ocorrido, assim como você,
até chegarmos ao ápice cívico
de automática violência.
Por vezes, sou eu o covarde.
Por outras, você toma o posto
e o assume como ninguém.
No mais, quando eu estou reinando
também sou imbatível.

Desde sempre, nós poderíamos
apenas idealizar fantasiosamente
o que cada um pensava, em sua versão,
nunca tendo conseguido espaço suficiente
para conhecer ambas as faces.

Assim, suplementamos um ao outro
em muitos significados e instâncias,
armando planos de destruição mútuos e cegos
que, por fim, resultam em nada, feitos apenas
pelo medo do contra-ataque do outro.

Então apercebendo-me, peço meu arrego e me retiro
do campo de batalha, e você, seguindo meus passos,
dá passos na direção contrária.
Num empate de técnicas derrotadas
nós nos damos as costas uma última vez.
Mas como incrível causador de lutas,
não me agüento muito tempo longe
do adversário que há muito me ensinou
a viver de forma desequilibrada.
No caso, um preparo para a vida.

Logo, sem hesitar, te convoco de volta
ao campo, ciente do que pode acontecer.
Terminasse em paz ou em fúria,
sentia que necessitava de você,
sábio, novamente a meu lado.

E quem sabe você também,
como num espelho à mim,
não teria sentido falta dessa mesma rotina
que tomávamos, ou do modo peculiar
de agirmos, deslumbrados a todo instante.

Então, prontamente você retorna, cambaleando
como sempre em suas idéias, e eu nas minhas.
Pasmem! Você não mudou nem um pouco,
e isso me abre sorrisos na cara. Nosso segundo turno
promete ser ainda pior que o primeiro.

54 comentários:

Marcus Portella disse...

João, cara juro que passei aqui
esperando alguma coisa.
Mas o que menos vi no teu texto foram "coisas", muito bem costurado
palavras bem escolhidas, e o texto em si , muito bom , temática fantastica .

cara tu acaba de ganhar um seguidor

se der , da uma passada la no apartamento!

http://apt404.blogspot.com/

M!sunderstood disse...

Fantástico

Texto muito bem escrito, muito bem abordado.

Cara, vc faz mágica com simples palavras.

Adorei

se puder dá uma passadinha lá no meu blog.

reflexo-da-alma.blogspot.com

abraços, m!sunderstood

Henrique Alvez disse...

Elogios já se tornaram dispensáveis a esse ponto...

Gostei muito da temática do texto, completamente nova e diferenciada, tratada da melhor maneira possível.
Não sei se foi isso o que quis dizer, mas pude ver no texto dois rivais em luta eterna a qual nunca terá vencedor e que apenas perdura pela necessidade que um tem da sabedoria adversa do outro

Sendo isso ou não esse aqui é um dos meus preferidos de todo o blog, apartir de agora. ;D

Alexandre Terra disse...

mt bom cara! curti a abordagem do texto! mt bom

Bruna disse...

ótimos versos para um texto de narrativa ou de dissertação, mas faltou algo há mais para um poema.Não sei o que é.
espero q entenda.


bjuss

Cath disse...

Oiii, vim retribuir a visita ao meu blog! Muito bom o seu texto, eu posso falar que eu me identifiquei muito porque a vida eh assim mesmo, tem que saber a hora de recuar, ficar na espreita e partir pro ataque novamente hhaha é igual meu tombo, estou toda roxa, e me sinto covarde mas amanha eu me levanto novamente e bora pro ataque haha

bjusss

Hysteria Project disse...

cara
tá muito bom o poema
vc tem as manha da escrita^^

Ítalo Richard disse...

EXCELENTE!! Cara, vc está de parabéns, muito bom o texto, a abordagem, e a crítica sutil nas entrelinhas.

Cinco estrelas seu blog!

abraço,
www.todososouvidos.blogspot.com

Suzy Carvalho disse...

primeira vez q ando por aqui rs e gostei bastante =)

Caetano disse...

Mais uma bela história, contada em um excelente poema.

Curti o novo layout!

http://analisefc.blogspot.com/

Elmo Freitas disse...

Cara... devo admitir, suas palavras seguem uma perfeita ordem psicológica!
Abraços!

PENHA''' disse...

Criar poemas em forma de história não é facil, e você fez um ótimo poema (:

Rony Phanuelly disse...

wow, Gostei muito. O blog está lindo e você escreve muito bom.
O poema está muito bom ^^

Angel disse...

Interessante a temática do poema.parabéns

ospeixesquevoam disse...

Texto bem escrito, idéias organizadas de forma coerente e uma mensagem excelete há ser desvendada.

Parabéns pelo teu blog.

http://thepeixevoador.blogspot.com/

Kelly Christi disse...

A galera ai em cima matou a pau no que eu gostaria de dizer, pq. realmene vc. foi mto. felia nesse post, no uso das palavras, no que quis expressar e ainda mais nas criticas que fez.

http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

Bob rootS (Os Botequeiros) disse...

ideias muito bem organizadas, escrita correta, dá pra perceber que vc tem bastante intereçe e talento na escrita.

JPFOX disse...

Acho que este desaparecido vive dentro de nós mesmos. Ás vezes nos debatemos querendo algo que podemos, que temos condições, mas algo está desaparecido dentro de nós mesmos. Até mais...

Estou te seguindo.

Karla Hack disse...

Há os que crescem e triufam com o tempo... e os que simplesmente não evoluem...
Adorei com o texto foi feito...
Parabéns!
;D

Karla Hack disse...

Há os que crescem e triufam com o tempo... e os que simplesmente não evoluem...
Adorei com o texto foi feito...
Parabéns!
;D

Sandro Batista disse...

Olha, que maravilha de leitura acabei de fazer! Vc fez um trocadilho belíssimo, usando uma espécie de batalha entre candidatos, para ilustrar talvez um relacionamento comum... Brigas, desavenças, mas no final,a constatação de que isso faz parte do "jogo político" chamado amor!

parabéns!

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Cleber Paes disse...

ou belo texto
bem elaborado
quero ver o segundo turno ae
flw

http://www.mundoirado.com

Carolina Cardoso disse...

excelente texto! parabéns!

Carolina Cardoso disse...

excelente texto! parabéns!

Érico Pena disse...

Parabéns pelo texto, infelizmente escrever versos e poesias é um talento q ainda nào tenho mais sei reconhecer nas pessoas

Pankeka disse...

Adorei o texto parabéns!!

ADILSON JORGE disse...

Ah, como é bom encontrar coisa interessantes nessa selva de blogs onde o que mais tem é besteria disfarçada de literatura barata!

Nossa, que pessimista que estou hoje. Mas é a verdade.

Parabéns pelo texto e blog em geral. Mto legal.

Abraços
http://ceucaindo.blogspot.com/

Suzy Carvalho disse...

bela poesia, foda a frase do pc ali ahuahu ;)

Anônimo disse...

Excelente texto, que maravilha, um filósofo desabrocha aqui....estou te seguindo sempre...de muito perto...PARABÉNS.........

Adorei a nova paginação, ficou dez...além de escritor está tbm com os dois pés na arte e no design.Que sensibilidade.....
FANTÁSTICO

bjsss

Rosearq disse...

O comentário anterior é meu...vou tentar colocar meu login

Gabriel disse...

Interessante, os opositores que a tanto viveram em embate, percebem ao fim que necessitam um do outro, mesmo que como opositores, a essencia de um completa-se na outro, pois ambos se dão sentido.

Gostei,
grande abraço.

shameless boy...* disse...

cara,vc ta de parabéns...*
muito bom o texto,muito bem escrito...*

blog lindo!!!...*

Raah disse...

Quem nunca foi covarde, quem nunca foi imbátivel. A vida é como uma roda gigante: Horas estamos no ápice, horas estamos no fundo do poço.

Parabéns pelo blog, te seguindo..

Veja meu vídeo:

http://sonhoparecedeverdade.blogspot.com/

Losterh disse...

"Quem me dera ouvir a voz humana
Que tenha feito uma infâmia e não uma cobardia"
Algo assim, Pessoa.

Taí, gostei.

Os humorlhadinhos disse...

são ótimos versos é vc msm quem escreve?
http://humorlhadinho.blogspot.com

Tais Carvalho disse...

Parabéns pelo belo texto e pelo blog. Abs Tais

Alan Costa disse...

muito bem organizado e estruturado, gosto mto daqui, belo layout também, mt melhor que o antigo

Fabiane Aline disse...

Adorei o seu blog. Vc escreve muito bem, é bem organizado o seu blog, layout muito bonito.
Obrigada pela visita.
Beijos.

Fabiane Aline disse...

Adorei o seu blog. Vc escreve muito bem, é bem organizado o seu blog, layout muito bonito.
Obrigada pela visita.
Beijos.

Letícia Fiorotto disse...

Um texto lindo, bem elaborado, escrito e simples. É, simples! Acho que a simplicidade torna a escrita fascinante. Parabéns.

Macaco Pipi disse...

NESSA NINGUÉM VENCE!

Aмαηdα disse...

Vou resumir seus textos em uma palavra"Fabuloso".

shameless boy...* disse...

lindissimo texto...*
naum a primeira vez q venho aqui,gosto muito do blog!!...*


abraço!!...*

Érico Pena disse...

Fazer versos e poesias é um talento que infelizmente ainda não tenho mais sei reconhecer quem tem como vc por exemplo. Parabéns pelo texto e sucesso com o blog

the_wolf disse...

retribuindo a visita,
muito bom cara, você tem o dom ^^
sucesso pra nós :)

http://thethinkercrazy.blogspot.com/

Natália R. disse...

NOFFAA, Muito bom, parabéns cara!!!
http://bloggitando.blogspot.com

Guilherme Lombardi disse...

muito boa a forma como escreveu o poema contado uma história, não tinha lido nada assim antes!

Rafa disse...

Mandou bem cara!!!
Escreve maravilhosamente bem..
texto ácido(sem ser pejorativo)!!

curti pakas..

---
depois passa lá http://culturapoperudita.blogspot.com/

Andressa Alkeen disse...

Poesias não são fáceis de se elaborar, e você, fez parecer completamente o contrário, gostei muito do blog.

jaka disse...

“Todo mundo tem um plano de luta, até ser atingido” Joe Louis

Érica Fernanda. disse...

Achei o texto muito bm escrito e adorei o seu blog...
Parabéns!

Millena Blogueira disse...

Você escreve de uma forma que entrelaça o texto e prende o leitor.

Guilherme Lombardi disse...

a forma como escreve seus poemas é única, parabéns!

Mister Neurotic disse...

Você me fez lembrar que a vida é um jogo. Assim como o amor. Eu particularmente sou um jogador. Vivo como se estivesse em uma arena. Me identifiquei com a poesia.