7 de setembro de 2010

Seis Mil Hospitais

Mil hospitais, para a cura de candidatos
desprezíveis como seres, maculados e
grosseiramente inumanos, com coragem
de expor o rosto nada envergonhado
a nível nacional de televisão,
à frente de toda uma população
que acredita de coração e alma,
que estas figuras, sim,
são símbolos de revolução.

Dois mil hospitais, para a cura do deboche
e falsidade de alguns candidatos,
que sorriem enquanto falam as letras
de um texto programado,
mentiroso ao poço do fundo da alma.
Mentem para todos, para todo o povo,
prestam-se ao pior dos pecados:
não de mentir apenas em branco,
mas de manipular a mentira
na cabeça de milhões de retardados.

Três mil hospitais, para a cura da presidenta
que eleita será se disser que construirá
seis mil hospitais públicos de qualidade,
quando, na verdade, pretende de antemão
comparecer a todas as duzentas e sete
entrevistas em Paris, nas quais apertará a mão
de um outro presidente em reciprocidade.

Quatro mil hospitais, para a cura de um ineditismo
e ponto de vista não objetivados em campanha,
já que, hoje em dia, para ser considerada,
a candidata se agacha aos pés de um monarca,
com esperanças de realeza, e de que será abraçada.
Afinal, é de pleno igualitarismo que o povo,
burro em sua santa ignorância como jamais registrado,
receba de braços abertos a presidenta curada.

Cinco mil hospitais, para a cura de quatro anos
do povo amigo, que serão suficientes para deixar-lhes
na mesma vida maldita, por ter votado na candidata
que lhes prometeu, além de hospitais,
mais seis mil escolas e universidades
em apenas um tempo de vida,
com toda a infraestrutura nota um bilhão
que sabemos ter o nosso país.

Seis mil hospitais, para a cura de um cidadão
louco qualquer, que eu faria questão de estar vivo
para ver passar por cima de todos e,
também em rede nacional equiparável,
encher o peito e ter bolas para dizer,
“Isto tudo é uma merda que está errada,
estão mentindo para você com sorrisos na cara:
sua realidade em longo prazo, maldito unitário!”

44 comentários:

Andre Mansim disse...

Muito boa essa idéia do texto! Parabens de verdade! Gostei muito!!!

indivídua disse...

Muito obrigada!

Caetano Lorenzetti disse...

Valeu me]smo pelos selos! Porém não os coloco no blog por falta de espaço, pelo layout. Mas mais uma vez, fico muito agradecido por ter lembrado do meu blog!

Ah, o texto é mais uma vez, sensacional!

Abraço.

http://analisefc.blogspot.com/

CristaL. disse...

Olá! Estou aqui para agradecer os selos! Pode deixar q vou indicar =D...

Gostei do texto, realmente uma vergonha o que acontece aqui nesse país... Mto oportuno...

Abraço!

www.brincandodefazerpiada.blogspot.com

Calcanhar de Aquiles disse...

"Que país é esse?"

Postagem urgente e necessária.

Sabemos que o voto é um instrumento importante quando ainda acreditamos na construção de um país mais igualitário e menos excludente.

Abração amigo.

G+ disse...

Gostei da postagem, boa. Ótimo blog, parabéns :D

Depois, quando puder, vai lá no meu blog. Se gostar, siga-nos ;D
www.gabrieltododia.blogspot.com

KGeo disse...

bom texto

Satiko disse...

Eii gostei da criatividade na colocação do tema no texto!Muito bom einnn,o triste é ver aa verdade em toda essa informação com a politica de promessas sempre em alta!FAzer o que ;/
Bjos.GArota.com

Nicelle Almeida disse...

Parabéns por usar a criatividade paera falar verdades necessárias. Amei a forma que escreveu, muito boa a sua idéia.
Onde vamos parar? Esta é a pergunta que n sai da minha cabeça.
Só Deus mesmo pra dar um jeito nesse mundo e nas pessoas.
Um forte abraço e te espero em meu blog. Está atualizado! =)
www.nicellealmeida.blogspot.com

William Cascaes disse...

Excelente texto.
Parabéns.

http://poisonmandyfpb.blogspot.com/

Francorebel disse...

Pra curar o Brasil, nem 1 milhão de hospitais dá conta!

Nando! disse...

Mto bom!

"sua realidade em longo prazo, maldito unitário!”

Guilherme Lombardi disse...

Excelente texto, parabéns e sucesso!

Anônimo disse...

Seu texto é sem dúvida EXCELENTE!!!
Continue...vc vai loge...

Macaco Pipi disse...

6 mil lugares pra morrer!

Seyal Layes disse...

Muito bom... Gostei mesmo.
abraços e visite
http://lisems.blogspot.com

lopes disse...

Quando eu vi a chamada do seu post no orkut eu jamais imaginava que se tratava de um texto critíco, e tão bem escrito.

Parabéns!

http://identidade-cultural.blogspot.com/

L.A disse...

parabens o texto esta muito muiiiiito bom , de verdade!

Francorebel disse...

Mentiras não seriam verdades do avesso?

Louise disse...

Cara, que legal! Achei muito maneiro mesmo, como você consegue escrever essas coisas? KK

Loverocklive disse...

Cara de todos os blogs que estão no premio para virar um livro com certeza o seu está mais próximo disso

espero que consiga

abraços.

saudeecompanhia disse...

Excelente.Uma forma de falar verdade.
Gostei muito do seu blog.Leitura de qualidade!

DalmirJr disse...

Belo blog gostei Muitoo@

Tenho um selo pra te dar e so me add no msn: dalmirxd@hotmail.com

http://pontoteennews.blogspot.com/

William disse...

Excelente!

Sandro Batista disse...

Meu Deus, eu venho aqui pra agradecer pelos selos que vc me presenteou, e dou de cara com um texto desse gabarito! Eu fico mais feliz ainda por ter tido o reconhecimento por parte de alguém com tanto talento, veia crítica, e que escreve tão bem!

Obrigado pelo selo e pelo post!

Inez disse...

João
Muito obrigada pelo carinho com meu blog presenteando com três selos.

ShiBel disse...

Nossa gostei muito do texto !
vc falar realmente o que acontece por aqui!

Anônimo disse...

gostei do texto, embora n tenha gostado de encontrar algumas "palavras" como "inumanos".

mas de qq modo está muito bom e praticando a tendência é ir melhorando... tmbm acho o atendimento de saúde algo desumano.

visite o nosso blog e veja o nosso novo vídeo

http://mikaelmoraes.blogspot.com

Daniel disse...

Perfeito para o momento que estamos vivendo... Está chegando a hora de tentar escolher entre a mentira e a verdade (sim, eu preciso acreditar q ainda existe alguma), entre promessas vazias e o benefício público... O povo precisa de conscientização!

Abraço!


www.brincandodefazerpiada.blgospot.com

*May Lopes disse...

Olá!
Amei seu blog e achei o texto super sincero...vale a pena te seguir!
bjO

Inez disse...

João
Desta vez você extrapolou na criatividade.
É importante de alguma forma alertar ao povo sobre o que de fato acontece na política atual e você conseguiu fazer isso em forma de poema.

joão victor borges disse...

Anônimo (Mikael Moraes) -

"inumano" é tão aceita quanto "desumano" na gramática da língua portuguesa. foi aportuguesada do inglês "inhumane" e hoje faz parte do vocabulário oficial. se duvida, pode conferir você mesmo no site da Academia, na sessão de consulta ao VOLP 2009.

Abraço! ;)

vivianeamaral disse...

Perfeito!
bj, Vi.

Victor disse...

Parabéns pelo e o texto! :)

[]'s

Nicelle Almeida disse...

Olá!!! Tô passando só pra desejar uma ótima semana e avisar que o meu blog está atualizado.
Te espero lá, tá?
www.nicellealmeida.blogspot.com
Até a próxima! ;)

Vaunei Guimarães disse...

bem verdadeiro...gostei...abç

http://vauneiguimaraes.blogspot.com/

Análise F.C disse...

Já pensou em fazer um livro com seus poemas? Pode dar certo..
http://analisefc.blogspot.com/

Kell Alves disse...

Sabe qndo a gente até quer comentar mas parece q qualquer comentário é raso d+ diante da postagem?
Vou continuar lendo o blog, já vi q vale a pena. (E depois comento)

Barbara Coulson disse...

nossa, adorei o texto *-*
parabéns pelo ótimo blog!
beijos
http://julietasdoseculo21.blogspot.com/

Anônimo disse...

Eu li esse texto antes de ser postado no blog e antes de todo mundo o/ kkkkkk q Glória hein ¬¬ enfim, nem preciso dzr q está ótimo né João ? e ainda melhor q a 1ª versão... Quando acho q não dá pra melhorar, vc smp me mostra q estou errada.
Julia Vital.

KGeo disse...

se as pessoas querem fazer algo façam n esperem algum candidato fazer alguma coisa

William disse...

Já tinha lido esse seu texto e li novamente.
Cara, fantástico!

Tatyana França disse...

Acho que hospitais não dariam jeito em nenhum... Mas um lugar quente, com um tridente no rabo... Quem sabe, hein!

Kiko Lemos disse...

Outro texto excelente, uma crítica em versos bacana de ser lido.

Parabéns amigo blogueiro