19 de novembro de 2010

Inconsciência na Cama

Dormindo, ele é mas não é,
o que é mais fácil de lidar.
Tem em si o seu eu,
a sua personalidade e aparência,
porém poupados de exercício.

Morrer, para quê?
Alternativa há de se viver
enquanto não se vive,
de alma existente
nos complexos da inércia.

Da superfície é anexado
ao intrínseco da terra
que o provoca a se anular.
Lívido, porém certo
da existência de fantoches.

Do sono, sabe que se porventura
acordar, acordado estará retornado
ao eu adormecido forçado.
Em sono, contenta-se em sonhar
que há de eterno sonhará.

Dormindo, propõe-se à subvida
do que é mas não está, contra
o que está e continua não sendo,
tendo-se por fato que esta relação
de convivência comunal consigo
é das mais difíceis.

Busca-se por soluções, e
cá estão. Quer ser e não estar
enquanto quer estar presente
e não ser, ainda que
em nenhuma das hipóteses morrer,
vá dormir e será eterno.

48 comentários:

Danilo de Lima disse...

Muito bom o texto! Bem escrito e as palavras colocadas de forma acertada! Parabéns! =D

Quando puder, acesse: http://desquotidiano.blogspot.com/2010/11/solidao.html

PENHA''' disse...

Eu ainda me surpreendo
como voce consegue colocar tantas coisas em um poema,
voce é muito talentoso (:

Rafael Queiroz disse...

realmente é um show de palavras!! mto bom mesmo!!

bia santos disse...

Achei que apenas eu ficava pensando tantas coisa na cama assim, pensando o porquê da vida, no porquê da morte.

Palavras intensas, parabéns!

maria disse...

fala bem de um jeito simple.
bem legal.

Gutt e Ariane disse...

Realmente, qdo estamos no estágio de sono profundo, a impressão que se tem qdo se olha alguém de longe, é que esse pessoa está morta. E na realidade, de certa forma, está mesmo, morta para o ambiente externo, mas está extremamente ligada nas suas sinapses, batalhando nos sonhos...

André Poerschke Vieira disse...

velho, te indiquei lá no meu blog, dá uma conferida. Abraços

http://umdiaentenderei.blogspot.com/

Anderson Meireles disse...

Um noite bem dormida pode realmente parecer eterna.
Seu blog é muito bom,
abraço!

Michelle disse...

Tudo parece mais tranquilo durante o sono, até parecemos mortos mesmo ... pior é ver aqueles que vivem e parecem dormir na vida.

Darkblog disse...

Bem legal seu texto, gostei =)

Marry. disse...

gostei bastante, vc é tem mt talento pra escrever

http://bitchdestiny.blogspot.com/

Brad Pághanni disse...

Nossa! Que inteligência!
Estudo letras, tenho livros sobre filosofia e não consegui compreender!
Parabéns! (mesmo eu não conseguindo acompahar o conteúdo rsrsrsr)

Hugo disse...

Assaz teus textos!
Parabéns pelo blog

Vitor disse...

muito bom o poema !

Parabéns ..

meuassunto.blogspot.com

Augusto disse...

Bom texto. Só achei que usou palavras diferentes do cotidiano. Sou daqueles a favor da arte para todos. Sucesso com o blog!

Mister Neurotic disse...

Garoto você escreve muito. Deveria postar mais vezes. Não gosta de escrever em prosa?

MikaelMoraes disse...

poxa kra, vc escreve mto bem, acho q já t falei isso

passa no nosso blog e escreve um pouco sobre o nosso vídeo pra gente

http://mikaelmoraes.blogspot.com

disse...

Vc escreve mto bem...

parabens

http://mundodadeborah.blogspot.com/

Adilson Guimarães disse...

É um dos grandes paradoxos, uma boa pedida pra se perder o sono.

www.catarseonline.blogspot.com

Anônimo disse...

Parabens pelo texto

www.leitoresch.co.cc

Amor de Lar disse...

Muito bom!

Me identifiquei.

Um abraço!

Amanda Dias disse...

' Gostei muito, muito interessante o texto.
E você escreve bem, parabéns.

http://gerandodiasmelhores.blogspot.com/

Kiko Lemos disse...

Nossa, essa foi muito boa!!!

"Da superfície é anexado
ao intrínseco da terra
que o provoca a se anular."

Bem pensado.

Karla Hack disse...

Fantástico!
Acho que conseguiu retratar algo muito particular do que muitos hoje vivem...
Maravilha!

;D

Profeta do Terror disse...

Bom, eu não sou muito de ficar comentando só por comentar ou então por conta de comunidades..Mas passo aki para deixar meu reconhecimento por suas palavras...
Legal comentar coisas interessantes.
Sorte.

André Poerschke Vieira disse...

já postei falando que tinha te indicado, agora vou comentar sobre o blog.

Seus poemas são sensacionais, você escreve muito bem. Sempre dou uma passada aqui para ver se teve nova atualização.

abraço
http://umdiaentenderei.blogspot.com/

Poeta do entardecer disse...

Muito bom..Sucesso com as palavras.

Tati disse...

Versos tão livres e repletos de razão. Muito bom de ler!

Araujo disse...

Olá, retribuindo sua visita no Teoria do Playmobil, aguardo você em breve novamente ;)

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Barbara Nonato disse...

O sono sendo escrito em versos como fuga para as dificuldades daqueles que anseiam ainda sobreviver, mas muitas vezes não sabem como...

Bonito...

Elaine Moreno disse...

"de alma existente
nos complexos da inércia." o que mais me fez pensar após ler todo o texto,reflexão e reflexão....


obrigada pela visita...estou te seguindo...

bjão
Elaine Moreno.
http://elainemoreno.blogspot.com/

Preguiça alheia disse...

Boas palavras!

Abraço,
P.A.
______________________________________
http://www.preguicaalheia.blogspot.com

Lucas disse...

Ótimo blog para refletir...

http://www.brthewalkingdead.blogspot.com

Marcus Alencar disse...

Acho muito interessante o que o seu poema coloca que é, na minha visão, uma forma de dizer que dormir é um morte para que um novo renascimento aconteça em um mundo dos sonhos, astral ou totalmente diferente do externo apenas.

Arash Gitzcam disse...

dormir pra tudo isso acabar... depression...

bia santos disse...

Gostei muito da poesia!

Abstrata e concreta ao mesmo tempo!

Parabéns!

enricows disse...

De onde você tira inspiração?
Você escreve MUITO BEM!
Para mim, isso se chama DOM!
Parabéns pelo blog!
Continue escrevendo!
Abraço!
Sucesso!

Comente no meu blog também:
http://enricows.blogspot.com/

Anônimo não tão anônimo disse...

Muito legal seu poema!Muito bonito... Eu sou meio tapada e por isso não entendi tudo que ele quis mostrar. Mas adorei a parte que diz: - Em sono, contenta-se em sonhar, nossa adorei mesmo...
Me identifiquei com essa frase... Pois eu sou um pouco assim, gosto de sonhar, fugir da realidade.

Seu blog está de parabéns... Posts belos e inteligentes =D
Muito foddão!!

Mister Neurotic disse...

Esta poesia me deu a impressão de sonhar é melhor do que viver.

P! P! disse...

Eu não curto mt, mas qm curte textos assim concorda q vc é um gênio e sabe usar bem as palavras, parabéns

Beleza f5 disse...

Qse nada poético né? Vc lembra minha irma...hahaha
Muito legal o contexto!
Beijos

CorVo disse...

parabéns,belo texto!

Marilucia disse...

Muito bom, ultimamente ando lendo poemas graças ao meu amigo Thi que tem um blog de poesia o arte em poesia e seu é muito tocante

Parabens

planeta huumor disse...

mt bom o poema parabens
estou te seguindo espero que vc retribue


http://planetahuumor.blogspot.com/

Thiago disse...

Gostei do poema e da maneira como vc abordou a temática da morte nele.

Lee disse...

Nossa, quanta coisa em tão pouco espaço. Isso, é claro, no bom sentido.
Gostei.
Parabens.

Seguindo :DD

Evandro Oliveira disse...

Gosto muito dos seus textos, mas não posso deixar de comentar que fiquei maravilhado com uma frase que li no seu blog, no quem sou eu, achei lindo isso:
" E se a morte fosse em cores e a vida em Preto e Branco".
Estou pensando até agora nisso.

Bom domingo

http://sabordaletra.blogspot.com/

Felipe Matula disse...

Muito bom o seu texto. Dormir para achar a solução para alguma coisa e não para fugir do problema.