6 de dezembro de 2010

Sonhos Afilhados

Nina não está mais grávida
Nem eu fértil ou apto a conceber à vida
Mais dois os três sonhos.

Por enquanto abster-me-ei
Das dores de parto, entenda
Prendi a respiração neste último.

Acabou por não sair por bastante tempo
E quando finalmente veio a calhar
Caiu-se um desmaio sobre meus braços.

Penso que ainda possa sucumbir à vida ele
Assim como todos nós que estão lá.
Vã mentira, eu nem ele estamos lá.

Penso inclusive que poderei deixar
Este um desmaio por aqui mesmo
Neste chão gelado, infértil por ora.

Entenda, por favor, uma vez mais
Não posso me fazer sofrer, sensibilíssimo
Por isso que passou ou por aquilo que virá.

O que virá, virá. Virá e virão
Sempre os momentos ruins
E sairemos deles sempre.

De cabeça à outros, momentos
Ruins péssimos horrendos
Até que um melhor venha.

Por Deus talvez seja pretensão demais
Dizer que perdi um filho,
Por dois motivos dentre milhões.

Sobre como ainda não o perdi de fato:
Quem conhecer um sonho vai saber
Que ele persiste vivo - este é o primeiro motivo.

E, por segundo e último nestas constatações,
Sobre como eu não tenho filhos.
Tenho sonhos.

42 comentários:

Evandro Oliveira disse...

Simplesmente lindo...
Engraçado isso! Ri muito de uma coisa. Essa semana me perguntaram por que eu não tinha filhos, se eu não sentia falta de ser pai e eu respondi.
Não tenho filhos, tenho sonhos!

Fantástico seu texto.

http://sabordaletra.blogspot.com/

Evandro Oliveira disse...

Ah....adoro Roda Viva! rs

Falando Sobre... disse...

oi joão!
te indiquei pra dois selos la no blog:D

Às vezes ando só, trocando passos com a solidão... disse...

realmente . eh a vidaaa .


seguindoo anjoo

Kiko Lemos disse...

Triste, mas lindo.

Tbm adorei o vídeo Roda Via, amo essa música

Matheus disse...

Muito bom.
Seguindo, segui la tbm..

http://blog-infonet.blogspot.com

Gabriel disse...

Muito bom, parabéns e te desejo muito sucesso.

Rony Phanuelly disse...

Um pouco triste, mas lindo ^^.
Muito bonito

Inez disse...

Adorei seu poema, os sonhos são muitos incluindo filhos, os sonhos nos impusionam para a ação, os filhos para a continuação.

Bruno disse...

Gosto quando vejo um blog poético, cheio de coisa bonita. e o Chico Buarque ali no canto é um charme.

Anônimo disse...

XUÃAAAAAAAAUNZIN! Seria exagero dzr q é o seu melhor texto ? Acho q sim, levando em conta q eu gosto de vários... Mas, sem dúvidas, um dos melhores.
Primeiro, fiquei muito feliz de vc ter conseguido escrever sobre determinado assunto (:
E outra q ficou realmente muito bom mesmo!
O final (último parágrafo) ficou realmente excelente, e, apesar de ser uma expressão meio tosca: "fechou com chave de ouro" ;)
Julia Vital.

Dih disse...

É Vida. fato

mulherices disse...

Olha - eu gostei muito do seu texto, e não sou de me impressionar fácil. Achei extremamente melacólico - mas nem por isso infeliz.
Parabéns

Inez disse...

O que acho legal é sua criatividade, aproveite bem e tente desenvolvê-la cada vez mais assim você irá longe.

maria disse...

não vou comentar o texto...rs pq o video tirou toda a minha atenção! adorooo esses festivais antigos...e essa musica é otima!
parabens!

Wanda disse...

Adorei o texto.
O Blog todo está lindo. Parabéns !
*-*
tô seguiindo.

Passa lá:

http://distractingpages.blogspot.com/

Beeijinho

Samir . disse...

Bem redigido. Escreve muito bem.

Barbara Nonato disse...

Sou como o personagem de tua história: tenho sonhos!...

Lindo poema! Até!

Adriano disse...

Adorei o veio ao lado, Roda Viva.. massa demais...

O texto muto legal...

Tenho sonhos!

Abrçs

Nicelle Almeida disse...

Fico sempre achando difícil escolher qual o seu melhor poema. Incrivel como sempre que venho aqui, me supreendo.

Sabe, eu apenas vou comentar com uma frase que sempre uso e vc apenas me convenceu do quanto ela é verdadeira: são os nossos sonhos que nos movem!

Um triste poema, mas lindo...lindo!

Um forte abraço, meu caro! ;)
www.nicellealmeida.blogspot.com

Kiko Lemos disse...

Como já passei aqui e nas outras postagens então deixo uma ótima noite e um grande abraço

^-^¨cat disse...

melancolico e bonito, e muito bem escrito!

Everaldo Ygor disse...

Um sonho, um poema e todas as linhas afilhadas no seu ritmo...
Saudações Poéticas
Abraços

iubdeds.com.br disse...

ai seu blog e irado tem altas coisas legais

to seguindo tb ok's

e pode ter certeza q volto outras x

esperando por post's novos

ok's

;)

to retribuindo o comentario e o seguimento
q vc fez no meu blog

ok's

acessa lá depois
http://www.iubdeds.com.br

sarah castro disse...

Gostei bastante do texto , bastante criatividade
seguindo aqui se puder retornar (:
http://meuqueridoconto.blogspot.com/ e http://mundosemcensura.blogspot.com/
está de parabéns

Wallace disse...

Gostei bastante de seu blog,
Um de seus melhores textos,
Seguimos com nossos sonhos afilhados...
Roda viva é muito bom
Abraço

Carlos Withe N. Rodrigues Jr. disse...

Eu invejo a habilidade que as pessoas como você tem com versos. Queria conseguir escrever assim, fica tão mais bonito.
Parabéns pelo blog.
_____________________
http://assimounao.blogspot.com/
Lê, comenta, segue, sei lá.
Eu retribuo.

Osyris disse...

muito show cara....
parabéns!

Macaco Pipi disse...

humor e bela escrita!

Osyris disse...

kkkkkkkkkkkk
faz fiz algumas dessas ai

=p

Nathacha disse...

Lindo texto! bom , os outros colegas já disseram que era triste e tenho simplesmente que concordar.
Um poema belo ,simples e muito intenso!
http://medicinepractises.blogspot.com/

Jana Cambuí disse...

Muuito bom. Raramente quem se diz poeta o é, realmente. E você, definitivamente tem talento.

Anônimo disse...

O que virá virá... Sem dúvida!

Daniel Silva disse...

teu blog é bem frequentado, hein? infelizmente, não é o tipo de endereço que curto visitar. mas você escreve bem.

abraço

Aline Cuerci disse...

gostei do blog todoo o poste tbm. estou seguindo, passa no meu dps. bjos e boa semana. =]

Marcel Camp disse...

MUITO BOM ESSE TEXTO!!!

A dicotomia entre sonhos e filhos ficou mesclada dando uma certa união entre ambos os pontos... foi até triste em muitos momentos!

Bonito mesmo.

Abrs,

Steffi de Castro disse...

Muito bonito seu poema :)

Lucas Moura disse...

Muito massa teu blog
Gostei demais do texto...Parabéns e mais sucesso ao blog!
By: http://quaddronegro.blogspot.com/

Júnior disse...

GÊNIO!, Muito boa a Postagem, e o Blog é muito legal, Parabéns, comentei :) e acompanhando aqui ... se puder retribuir comentando e me seguindo, eu retribuo da mesma maneira, abraços.
Blog muito legal, parabéns

http://musilitica.blogspot.com

Afim de Parcerias, troca de banner e link. Recrutando membros para a equipe do Musilítica, se estiver interessado add no msn milsonobscuro@hotmail.com
Me sigam, comentem e eu irei retribuir com a força de todos, conto com a força galera.

ℒαrissα Cαnziαni disse...

fazia tempo q eu nao via um blog organizado! ahaha parabens pelo blog =*

Mister Neurotic disse...

Mesmo assim, perder uma gravidez é sempre difícil. Imagine só, criar expectativas, planos, ansiedade e a mulher ter um aborto. É triste.

MikaelMoraes disse...

deduzindo q vc irá tomar calote lá na comunidade, por já conhecer uma peça... dei o calote nele e comentei no seu que tem palavra

o seu poema tem muito sentimento e acredito que todos nós já nos sentimos assim algum momento

parabéns novamente

+++++++++++++++++++++++++++++++++
Comentado... retribua a cortesia
comentando tmbm
+++++++++++++++++++++++++++++++++
Quer +1 seguidor? Siga-nos
e avise no comentário
deixando o seu link
+++++++++++++++++++++++++++++++++
Nosso Blog:
http://mikaelmoraes.blogspot.com
+++++++++++++++++++++++++++++++++
FELIZ NATAL E
PRÓSPERO ANO NOVO!!!
+++++++++++++++++++++++++++++++++